Arquivo da categoria: Consultas médicas

Um pré-sentimento errado e o marido certo!

Olá queridos leitores,

O problema era um cisto. E ele é novamente funcional! Aleluia! Já falei aqui sobre cistos funcionais no ovário da mulher. E era isso mesmo o que estava acontecendo comigo! Nada grave! 🙂

Pois é isso… o meu pre-sentimento era de medo (real) e insegurança que se contrapunha à voz do Meu Deus dizendo “não temas”. Por alguns dias estava difícil ver o câncer como uma bênção na minha vida. Eu sei que foi! Não tenho dúvidas! Mas, eu tentava lembrar de como Deus me sustentou naquele período tão difícil e mesmo assim não conseguia sentir a segurança completa… E durante essas semanas de medo (sim, porque os sintomas duraram um mês inteiro) e desconfiança, Deus foi intimamente lapidando a confiança e derramando a paz. Ele foi trabalhando no meu íntimo com toda a paciência de Pai, me ensinando a confiar nEle independente do resultado.

E eu não cheguei a um nível de confiança mais elevado sozinha não. Esse mês faz 8 meses que eu casei com o Carlos, o marido que Deus me deu de presente. E cada dia tenho a certeza que tinha que ser ele mesmo. Ele caminhou comigo juntinho, acalentando os meus chôros, orando comigo, lendo a Bíblia juntos, ministrando mesmo sobre a minha vida, com toda a paciência, amor e leveza que pareciam vir diretamente de Deus! Conversamos sobre a possibilidade do câncer voltar e ele só disse uma frase “em tudo Nosso Deus será glorificado!”. E essa verdade batia no meu coração e me fazia refletir profundamente sobre essa realidade de Deus ser glorificado em momentos difíceis na nossa vida! Somos mesmo barro nas mãos do Oleiro. Às vezes Ele nos quebra para nos fazer de novo! Ou nos prepara mesmo para a vida eterna com Ele!

Como Deus é bom e dá realmente o que a gente precisa!

Daí no caminho perguntei ao meu marido, “amor, vc tem me ajudado em muitos aspectos, e eu no que tenho te ajudado?”. Ele responde, “desde que começamos a namorar eu me sinto mais perto de Deus”. Daí eu sorri e falei que o casamento é mesmo um exercício para a santidade! 🙂 O amor mútuo e a comunicação sincera nos torna melhor a cada dia!

Bom, agora só nos resta celebrar!!! Agradecendo muito ao Amoroso Pai pelos grandes ensinamentos em dias bons e maus, em tempo de alegria e tempo de tristeza, em meio a dúvida e muita certeza. Sim, ele nos acolhe assim como somos e nos chama a confiar nEle, sempre!

Por do Sol

Uma semana para trilhar com fé e confiança no Dono da vida!

O que te espera lá fora? Quais são os seus planos para essa semana?Janela_instagram
A minha semana começa com 2 expectativas bem diferentes!

Uma é a expectativa do meu aniversário, agora dia 17 de Abril. Celebrar a vida para mim tem um motivo mais que especial, é celebrar o grande livramento que Deus me deu e todas as bênçãos que ele tem derramado na minha vida até aqui!

A outra expectativa é do resultado do exame médico que investigou um desconforto no meu ovário direito e da consulta com o oncologista, que será bem um dia antes do meu aniversário. Para quem já teve um câncer, sabe que é difícil controlar a ansiedade num momento em que algum sintoma persistente volta a te incomodar. Sinto o Espírito de Deus em mim dizendo, “confia em Mim”, “descanse em Mim”. Ao mesmo tempo o vasinho de barro aqui dizendo “e se ‘ele’ voltar”…

Escrever este post para mim é um exercício de confiança e fé nAquele que está no controle da minha vida. Poderia muito bem escrever a vcs no final da semana. Daí já saberia o resultado do exame. Mas, não sei. E eu confio nAquele que já sabe de mim desde a fundação do mundo.

Termino o meu post com as palavras de um sábio pastor:
“Está angustiado? Jesus oferece paz verdadeira.
Paz que o mundo não conhece nem pode dar.
A paz de Cristo coexiste com a dor e muitas vezes é temperada com as lagrimas.
Nossa paz não é apenas ausência de coisas ruins nem apenas presença de coisas boas;
nossa paz é JESUS!”

Hernandes Dias Lopes

E esta PAZ eu já posso sentir… Que Ela nos sustente para uma semana de bênçãos e desafios. E que a alegria e esperança que vem Dele inunde todos os momentos da minha tão esperada semana!

E o cisto era mesmo funcional! Aleluia!

No post do dia 23 de Março (Resultados… e cuidados!) compartilhei aqui sobre o cisto que foi diagnosticado no meu ovário direito, com suspeita de ser funcional. Aproveitei para falar dos sintomas que esse cisto me acarretou, da minha consciência corporal que aumentou muito depois do câncer, e dos cuidados que devemos ter com o nosso corpo.

E hoje eu estou aqui para dizer que o cisto é mesmo funcional! Tá confirmado com exames detalhados! Louvei a Deus por isso! Está tudo normal! Mas, vc pode estar se perguntando “O que é um cisto funcional?”. Cistos funcionais são comuns de aparecer no ovário da mulher por volta da metade do ciclo menstrual (no período da ovulação). A hipófise (uma pequena glândula localizada na base do cérebro) produz um pico de hormônio luteinizante (LH) que avisa ao folículo lá no ovário que é chegado o momento de liberar o óvulo. Quando acontece um distúrbio na liberação deste óvulo, desenvolvem-se os cistos. Se esse cisto for funcional (ou fisiológico), no período da sua menstruação, ele deve diminuir de tamanho. E foi o que aconteceu comigo! 🙂

O fato é que meu ovário direito está sentindo falta do esquerdo e por isso trabalhou a mais por alguns meses para compensar essa ausência. Agora está tudo tranquilo e funcionando muito bem!

O nosso corpo é perfeitamente engenhoso e sempre tenta compensar a falta de alguma parte, função ou substância. Só que se essa compensação se desregular, pode gerar doenças ou mal-funcionamento do organismo.

Os cistos mesmos podem se malignizar, principalmente depois da menopausa, e portanto, exames mais detalhados podem ser necessários. Por isso, mais uma vez alerto as minhas amigas e leitoras para ficarem atentas a qualquer desconforto persistente ou anormalidade na sua cavidade pélvica. Sobre os sintomas do câncer de ovário, eu já fiz meu alerta no post “Mas, o que vc sentiu?”, e tem até um formulário lá para baixar e preencher caso vc esteja ou conhece alguém que esteja com esses sintomas. Mas, é preciso fazer os exames regularmente, mesmo se não houver sintomas, pois a maioria dos cistos e tumores do ovário são silenciosos… um perigo!

Então vamos lá meninas! Cuidado e consciência corporal na medida certa fazem bem à saúde! E nós mulheres de hoje em dia precisamos de muita saúde para aguentar o tranco da vida moderna, não é mesmo? 😉

Resultados… e cuidados!

Desde o início deste blog, nunca foi minha intenção transformar os meus posts em boletins médicos… mas, em decorrência do post de ontem, acredito que criei uma certa expectativa em meus leitores e amigos sobre o resultado dos meus exames.

Então decidi registrar aqui o que aconteceu e conversar mais de perto com vocês a respeito…

Graças a Deus, o sangue estava normalíssimo! Marcadores do câncer negativos, células de defesa no lugar, e nem anemia eu tinha! Mas… a imagem de tomo mostrou um cisto (provavelmente funcional) em ovário direito. O que irei investigar com outros exames de imagem no decorrer do mês de Abril…

O engraçado é que esse resultado não me assustou nem um pouco. Quando a minha médica me falou, eu imediatamente disse.. .eu já sabia!! Ela perguntou como… Eu disse que depois do câncer a minha consciência corporal aumentou muito e que estava muito mais cuidadosa com meu corpo e muito mais alerta às pequenas alterações (hoje eu faço palpação do abdome e das mamas periodicamente…), além de outros cuidados para me manter mais saudável. Então eu disse a ela que havia notado o meu abdome mais entumescido (inchado) que o normal durante o meu último ciclo menstrual e suspeitei que algum cisto no ovário poderia ter rompido dentro da minha cavidade pélvica durante a minha ovulação… Ainda bem que a consulta já estava marcada para esclarecer o que estava acontecendo. E o meu desejo é que este cisto seja mesmo funcional! Aguardemos as cenas dos próximos capítulos…

Bom, o que queria alertar mesmo com tudo isso é que a maioria dos cânceres do nosso sistema reprodutor desenvolve-se de forma silenciosa e por isso é importante que cuidemos do nosso corpo com carinho e amor, procurando fazer os exames periódicos, desenvolvendo a nossa consciência corporal e hábitos de vida saudáveis!

Hoje em dia somos atacados por potenciais cancerígenos por todos os lados… na alimentação, nos produtos de beleza e até mesmo no ar que respiramos! Por isso é importante preparar um bom sistema de defesa para combater todos esses agressores diariamente!

Bom, isso é o que compete a nós fazermos… mas, sempre penso que todas essas estratégias são limitadas… não nos podem garantir a vida para sempre… é preciso aliar a tudo isso a consciência de que fomos criados com um propósito eterno, e que, acredito, começa com um melhor trato no relacionamento com a gente mesmo, com Deus e com o próximo aqui e agora!

Um bom dia a tod@s! 😉

Você tem medo de quê?

Desde ontem o medo tem rondado o meu coração e a minha mente… Por quê? Porque hoje é dia de encontrar a minha oncologista e receber todos os resultados dos últimos exames.

Para quem vem lendo o meu blog já sabe que eu creio em Deus Pai, Filho e Espírito Santo… sabem também que a minha caminhada até aqui tem sido uma prova do amor e da misericórdia de Deus para comigo… sabem também de quantos aprendizados eu já tive com toda essa minha trajetória desde o diagnóstico do câncer. Aprendizados para experimentar uma vida mais saudável e plena!

E eu agradeço muito a Deus (Ele sabe) de tudo isso ter acontecido comigo! Pela Sua presença constante, Seus ensinamentos… também pelo apoio e carinho da família e dos amigos…

Então por que o medo? Porque somos fracos e necessitados de Deus! Acredito que, se não tivéssemos pecado originalmente, a nossa natureza seria diferente… Não existiria o mal dentro de nós, não haveria desconfiança, dúvida, incerteza… o nosso relacionamento com o Criador seria pleno e plenamente satisfeito n’Ele e nas coisas que Ele criou para nós! Teríamos sempre a confiança no Seu cuidado e no Seu amor… sempre!

Então está tudo perdido? Não, de forma alguma! Ele nos ofereceu o Seu próprio Filho para que o nosso relacionamento pleno com Ele fosse resgatado. E é por isso que hoje eu olho para Cristo e entrego os meus medos a Ele. Reconheço as minhas fraquezas, recebo o Seu perdão e olho para a frente com a esperança de que Ele é quem tem o controle da minha vida!

E cheia dessa esperança, eu faço minhas as palavras do salmista (Salmos 56:3):

“Mas eu, quando estiver com medo, confiarei em ti”

Image

%d blogueiros gostam disto: