Arquivo da tag: Deus

Aonde você descansa a sua alma?

Estou de férias essa semana. Eu e meu marido fomos acampar num sítio que oferece descanso, renovo e silêncio, bem como retiro espiritual. Clique aqui caso esteja interessado em mais informações. O lugar é lindo, tranquilo e realmente proporcionou um descanso merecido para eu e meu marido.

Mesmo descansando o corpo e a mente durante 4 dias numa cabana rústica e curtindo a vida simples, nadando em lago transparente e refrescante, eu voltei para Toronto com a alma ainda agitada. Agitada por preocupações, pela ânsia de descansar mais, de fazer isso e aquilo, e de cumprir com a meta de verdadeiramente descansar nas minhas férias.

Não entendia aquela inquietação toda. Corpo e mente estavam descansados. Mas, a alma ainda não. Os anseios que não se podem preencher com nenhum descanso do corpo ainda não tinham encontrado descanso. Foi quando me lembrei dos Salmos 116, especialmente do versículo 7. O Salmista muitas vezes clamava ao Senhor pelo descanso de sua alma. E no Senhor encontrava a paz, a verdadeira paz. O verdadeiro descanso.

“De fato, acalmei e tranqüilizei a minha alma. Sou como uma criança recém-amamentada por sua mãe; a minha alma é como essa criança.” Salmos 131:2

Então pedi ao Senhor. Quero ser como o Salmista. Quero a paz que nenhum descanso pode dar. Orei, “Vem, ó minh’alma, descanse na presença do Senhor. Lembre que Ele tem te feito muito bem. Ele é o seu verdadeiro descanso.”

A presença de Deus é tão real, que não escureceu o dia antes de eu sentir a verdadeira paz de espírito. O Senhor me atendeu. Minha alma se aquietou. Então veio o outro dia. E percebi que correr aos pés de Jesus depositando todos os nossos anseios da alma deve ser um exercício diário, constante.

“Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso.
Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas.
Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”.
Mateus 11:28-30

Diariamente passamos por situações que podem tirar a nossa paz. E tornar a nossa alma fatigada. E por mais que a gente descanse o corpo e a mente, a alma só encontrará descanso naquele Quem a criou.

Aonde você tem descansado a sua alma?

Farne_rest_silent

Anúncios

Deixando para trás as coisas que para trás ficam

Essa é a época do ano em que muitas pessoas fazem promessas e resoluções, almejando um ano melhor. Eu vejo que é também uma oportunidade de deixar para trás o que se passou. Especialmente as mágoas e os ressentimentos.

Eu sou uma pessoa que facilmente ficava ressentida. E eu só descobri o quanto ressentimento faz mal depois que passei pelo câncer. Eu tenho aprendido que não guardar mágoa e exercer o diálogo e o perdão nos traz muita saúde!

Eu conheço muitas mulheres que têm uma personalidade parecida com a minha. Se alguém que você ama ou considera te decepciona ou não atende às suas expectativas você fica triste e se magoa, e o coração ferido fica horas se perguntando “por que ela/ele agiu dessa forma?” Eu já convivi com gente, e ainda convivo, que é bem diferente de mim. Em questão de valores, de jeito de ser, de temperamento… E por serem pessoas diferentes, eu já tive dificuldades em lidar (e acredito que elas também em lidar comigo).

Nos momentos de desavença a gente sempre acha que a outra pessoa poderia ter agido diferente. E pouco paramos para olharmos para dentro de nós e pensarmos numa maneira diferente de reagirmos às ofensas das outras pessoas.

Acredito que uma das formas de se livrar da mágoa é falar francamente com a pessoa que te magoou. No final do ano passado vivi essa experiência. Uma pessoa do meu trabalho me magoou severamente. De forma que pudéssemos caminhar bem no próximo ano, falei francamente com essa pessoa de como as palavras dela tinham sido duras e desnecessárias. Propus uma forma melhor da gente dialogar e se entender. Eu a perdoei. Esquecemos o que se passou, e seguimos em frente com um relacionamento bem melhor.

Então sugiro uma segunda forma de lidar com a mágoa, o perdão e o esquecimento. Se você tiver oportunidade de conversar com a pessoa que te magoou, bem. Se não, perdoe assim mesmo. E tente esquecer o que essa pessoa te fez. Jesus nos ensina a perdoar de coração ao nosso irmão e quantas vezes for preciso. Isso não é uma tarefa fácil. Mas, à medida que exercitamos o perdão, a nossa alma fica leve, o nosso corpo mais saudável, e então percebemos que é bem melhor perdoar do que se magoar.

Que em 2014 sigamos com uma vida mais leve e sem mágoas, e com um coração cheio do Amor de Deus e do seu perdão por nós!

Feliz Ano Novo a todos!

Foto: Letícia Peyneau

Foto: Letícia Peyneau

Hoje o dia é nosso! Today is our day!

Hoje o dia é nosso!
Dia de celebrar o amor, o companheirismo, a amizade, a entrega mútua, as diferenças, as semelhanças, as mudanças e sobretudo o Amor de Deus em nosso casamento.
Hoje o dia é nosso!
Dia de relembrar os votos, de reafirmar novos votos, de sonhar para a vida inteira uma vida a dois, juntinhos na presença do Senhor.
Hoje o dia é nosso!
Vamos celebrar com alegria, com gratidão e com muito amor, como no princípio.
Sim, hoje o dia é nosso!
Parabéns Amor da Minha Vida!

AMOR_Casamento

Today is our day!
Day to celebrate love, partnership, friendship, mutual commitment, differences, similarities, changes and especially God’s Love in our marriage.
Today is our day!
Day to remember the vows, to reaffirm new vows, to dream of a lifetime together in the presence of our Lord.
Today is our day!
Let us celebrate with joy, gratitude and much love as in the beginning.
Yes, today is our day!
Happy Anniversary Love of My Life!

Estudando em tempos de exames médicos

Não é nada fácil focar nos estudos, como tenho que fazer nesses próximos 12 dias, esperando os resultados dos marcadores do câncer. Para quem é um sobrevivente do câncer sabe que época de exame é época de ficar ansioso e de pensar no que aconteceu e se vai acontecer de novo e tal. Se você não é assim, ótimo. Eu sou. Por mais que eu tente não me preocupar, quando chega a hora de pegar resultado de exame de sangue sempre passa um filme pela minha cabeça… daqueles “de volta para o futuro”. Eu imagino um futuro com e sem câncer e começo a criar histórias na minha cabeça. Estou sendo o mais sincera que posso aqui.

De vocês eu até poderia esconder meus anseios e ansiedades, mas de Deus isso nunca será possível! Ele sabe quando me assento e quando me levanto, Ele sabe quando eu estou confiante e quando eu estou com medo. Ele sabe de tudo! E as vezes eu penso que é isso que afasta algumas pessoas de Deus sabia? Saber que tem um Deus que olha por você o tempo todo. Pode parecer mesmo assustador, mas para mim é consolador!!!

Eu tenho Deus como Pai. Eu sei e declaro que Deus é o Senhor do Universo, o Criador de todas as coisas, Santo Santo Santo e temível. Mas sei também que por meio de Jesus Ele é o meu Pai, aquele que chega perto para te acolher em momentos de certezas e incertezas, que te disciplina quando precisa, mas também se alegra quando você alcança alguma vitória!

Hoje eu senti Deus me abraçando quando eu tive medo de ligar para a enfermeira, ansiosa por saber os resultados mesmo antes da consulta, que é dia 20 de Agosto. Eu senti que Ele me entendia perfeitamente por estar ansiosa, porque o que passei foi realmente assustador e tenho medo de passar de novo. Ao invés de ficar me julgando Ele me acolheu nas minhas fraquezas e dúvidas mais íntimas.

Então eu liguei… quando a enfermeira atendeu meu coração tremeu. Tremeu porque esses dias estava com alguns sintomas de elevação hormonal e pensei que poderia estar vindo do ovário. Daí ela foi me informando de todos os resultados. Falou de cada marcador. E o coração foi se acalmando à medida que ela relatava doses normalíssimas dos marcadores. Ou seja, está tudo normal!!! Graças a Deus que sustenta minha vida dia após dia!!!

Estou escrevendo este post em lágrimas. Não de vergonha por ter duvidado do resultado, mas de emoção e alegria por ter um Deus que me ama mesmo assim. E que exatamente agora se alegra comigo por eu não ter mais o câncer!!! Ele esteve presente quando eu adoeci!!! E tb está presente a cada dia da minha cura!!!

Só tenho a agradecer a esse grande Deus!!! Ao poder de Jesus Cristo que opera maravilhas por meios floresnaturais e sobrenaturais sustentando a minha cura até aqui!!! Ó Pai, muito obrigada!!! Eu sei que isso é fruto da Tua misericórdia e do Teu amor que me recebe e me redime assim mesmo como sou.

Agora vou lá, enxugar as lágrimas aos pés de Jesus, e continuar meus estudos com afinco e dedicação! Pois é também para isto que o Grande Deus tem me sustentado até aqui! A Ele seja a Glória!!!

Dia de exames

Acabei de chegar do ICESP. Hoje foi o dia de refazer as tomografias computadorizadas de tórax, abdome e pelve para reavaliação após tratamento. É um exame que faço a cada 6 meses para averiguar se está tudo certinho lá dentro. E cada vez que me submeto a este exame passa um filme na minha cabeça. Primeiro, porque você acaba tendo muito tempo para pensar enquanto espera ser chamada. Segundo, porque o contexto à sua volta… outros pacientes, enfermeiros e médicos… te trazem à memória dias vividos em tempos de tratamento.

E que dias foram aqueles! Ao mesmo tempo que me lembrei de cenas de cansaço e enjoo, também me lembrei de quanto Deus estava presente ali, me sustentando e me livrando de muitos outros e piores efeitos colaterais da quimioterapia. Também me lembrei dos bons livros que eu li durante a quimio, e faço questão de sugerir a leitura de um deles… o “Ser é o Bastante – Felicidade à Luz do Sermão do Monte”, de Carlinhos Queiroz. Ô livrinho bom! Caiu como uma luva para o meu tratamento. Redescobri que “a felicidade é um estado de alma, uma condição de se perceber realizado com a vida, um sentimento de paz interior que, ao que tudo indica, nunca se esgota…”, nem com as maiores dificuldades que a gente possa enfrentar nessa vida.

Também me lembrei das minhas acompanhantes de tratamento. A primeira delas foi minha mãe, mulher forte e abençoada, que enquanto me esperava, ouvia os lamentos de outros pacientes e dava conselhos sábios das Escrituras Sagradas. Depois veio minha tia Ceni. Essa não conseguia parar quieta… e essa inquietude a fazia servir os outros acompanhantes que estavam meio perdidos por ali. Ela ia com eles arrumar ambulância, assistente social, etc… fora as histórias mirabolantes e engraçadas que ela não parava de contar e fazia todos sorrirem. A terceira e última acompanhante da quimio foi minha tia Esperança… não tinha nome melhor para me acompanhar no último ciclo de quimio. Ela é muito calma, tranquila e amorosa. Foi a pessoa certa para passar o úlitmo e mais difícil ciclo de quimioterapia ao meu lado! Hoje pela manhã, eu fui acompanhada pela minha amiga Bruna, que teve a disponibilidade e consideração de seguir comigo bem cedinho para o hospital.

Só sei que enquanto lembrava do sustento de Deus e da força que Ele me deu para passar por tudo aquilo, o receio e o medo com o exame foram desaparecendo… de repente me vi cantando algumas canções… a paz e a confiança voltaram… e acabou correndo tudo bem no procedimento!

No final ainda recebo a mensagem de texto carinhosa do meu namorado com o versículo “Que o Deus da esperança os encha de toda alegria e paz, por sua confiança nele, para que vocês transbordem de esperança, pelo poder do Espírito Santo” (Romanos 15:13).

Sim, que a verdadeira ESPERANÇA habite em nossos corações sempre!

Por onde andava a minha fé…

Eu achei que não estava tão longe assim. Mas, logo que Deus novamente afinou o meu relacionamento com Ele, vi que antes eu era como um barquinho à deriva que sorrateiramente ia se afastando da praia.

Naquele tumulto todo de stress, emoções fora do lugar, confrontameto da fé na universidade, não soube ao certo o que levou meu coração a ficar tão duvidoso quanto a certos aspectos da minha fé cristã. De alguma forma, eu parecia estar longe de Deus. Aquele mesmo Deus que se revelou a mim através da pessoa de Jesus Cristo quando tinha apenas 6 anos de idade. Aquele mesmo Deus que se mostrou presente em tantos momentos decisivos da minha história. Aquele mesmo Deus que moveu barreiras intransponíveis para manifestar Sua glória em minha vida. Aquele mesmo Deus que alcançou a vida do meu pai e que o tornou um servo d’Ele. Aquele mesmo Deus que se revelou a tantos estudantes nas universidades do Brasil e do mundo, enquanto fazia (e ainda faço) parte da Aliança Bíblica Universitária. Aquele mesmo Deus que se tornou conhecido à dezenas de estudantes internacionais no Canadá durante nossos estudos bíblicos. Aquele mesmo Deus que vem agindo na vida de milhares ao redor do mundo para dar sentido à vida e resgatar nossa verdadeira identidade de Filhos de Deus. Era deste Deus, do qual passei a minha vida inteira tão perto, que estava me afastando naquele momento.

Hoje me pergunto como isso veio a acontecer. Bom, aprendi com o prórpio Jesus que é lá no íntimo do coração que o pecado cria suas raízes. Ele disse à multidão, no Sermão do Monte, que os atos externos, como por exemplo o adultério e o assassinato, têm sua origem nos sentimentos e desejos maliciosos do homem lá dentro de seu coração. E é exatamente lá que a pessoa de Jesus quer entrar e mudar tudo.

Confesso que meses antes de adoecer, externamente continuava a mesma pessoa, com as mesmas “atividades religiosas”. Era lá dentro de mim que alguns fundamentos da minha fé estavam estranhamente começando a ruir, mas não totalmente. Alguns pilares ainda estavam bem sólidos, mas outros, principalmente os relacionados à fé no sobrenatural, já apresentavam rachaduras.

Hoje eu entendo perfeitamente que não podemos acreditar pela metade. Não podemos acreditar somente em determinadas partes das Escrituras Sagradas. Não dá pra acreditar que Deus pode mudar somente certos aspectos da vida humana. Não dá pra entregar somente parte do nosso coração a Ele. Ele conhece tudo e quer novamente ser o Senhor de tudo o que há em nós, como era lá no princípio de todas as coisas.

Ainda não conhecemos tudo, vemos parcialmente, como já dizia o apóstolo Paulo em I Coríntios 13:12. Mas, um dia veremos face a face Aquele que é o autor e consumador de nossa fé! Você crê?

%d blogueiros gostam disto: