Arquivo da tag: planta

A plantinha que fala ao meu coração

Se você segue o meu blog ou meu Instagram, ou é minha amiga no Facebook, já deve ter notado que eu não me canso de tirar fotos de flores, especialmente de um hibisco que tenho em casa.

Esse hibisco é muito especial para mim, pois revela o quanto Deus cuida dos que são seus em épocas menos favoráveis para “florescer”. Na época em que eu fazia o tratamento do câncer, o hibisco pertencia a uma amiga. Pois foi um presente que eu dei a ela de aniversário 2 meses antes de eu deixar o Canadá por causa do câncer. Ele era pequeno, mas florescia muito. E continuou florescendo durante todo o inverno, mesmo com o pouco cuidado que a minha amiga dava ao hibisco durante o inverno. Quando a primavera chegou, ela colocou o hibisco em seu jardim e os esquilos comeram todos os seus botõezinhos. Então ela volta com o hibisco para dentro de casa e ele continuava a florescer.

Na época que eu estava fazendo o tratamento no Brasil, a minha amiga viajou e ficou fora por alguns dias. Na volta, encontrou o hibisco completamente seco e sem flores, caindo aos pedaços. Era exatamente a época em que iniciava a quimioterapia. Ela sempre me mandava fotos dele, me mostrando que o hibisco florescia em condições menos favoráveis possíveis, e me encorajava com as lindas flores do hibisco. Mas, naquele dia em que ela o encontrou totalmente seco, ela pensou que ele nunca iria florescer. Era a época em que perdia meus cabelos.

Então ela começou a aguar o hibisco desesperadamente e pensava “eu não vou atualizar a Andresa desse último acontecimento. É tão desencorajador!”. Um tempo depois… bem na última semana de quimioterapia, quando eu ainda estava bem fraca, ela me manda uma foto (foto 1 abaixo) com o hibisco mais vivo do que nunca e com dupla floragem e escreve “assim como a Andresa perdeu todos os seus cabelos, essa plantinha perdeu todas as suas folhas e flores, e agora com o seu novo florescer ela nos lembra que a Andresa está voltando mais saudável e mais bonita do que nunca” (tradução literal dela, mais saudável sim, mais bonita não sei). Só sei que abri aquele email assim que cheguei em casa, depois do tratamento. Eu nunca pensei que uma foto de hibisco fosse trazer tanta esperança ao meu coração. Senti o meu coração aquecido naquele momento. As palavras da minha amiga pareciam vir diretamente de Deus falando ao meu coração “eu te farei florescer”. E olhando para as minhas forças e condições naquele momento, não podia acreditar que floresceria novamente daquela forma. Mas, quando olhava para o hibisco, o meu coração se enchia de esperança.

Então eu volto ao Canadá, e o hibisco está lá firme e forte. No começo do Outono passado, numa visita à casa dessa minha amiga, ela me oferece o hibisco de volta. Eu disse assim “mas como? o hibisco é presente meu pra vc!”. E ela prontamente respondeu, eu estou com medo de que ele não floresça nesse inverno e não queria vê-lo seco novamente. Dentro da minha casa não tenho mais espaço pra ele. Ele cresceu muito. Leva pra sua casa e continua a cuidar dele por lá. O hibisco estava enorme e com uma única florzona enorme e amarela, como essas da foto. Mas, logo em seguida ela cai e daí não sabíamos se ele floresceria de novo no inverno canadense e sem luz direta do sol. Nosso apartamento não tem sol durante o inverno.

Enfim, desde que o trouxemos para nossa casa, o hibisco não pára de crescer e de florescer (foto 2). E coincidência ou não, ele floresce em dias em que as condições não são muito favoráveis. Como no dia da minha segunda cirurgia, por exemplo. Passamos 6 dias no hospital sem ver a cara do hibisco. E sem o hibisco ver água. Quando recebi alta, e quando voltamos para casa, lá estava ele nos recepcionando com uma linda flor. Novamente Deus fala, “eu que sustento a vida, independente das circunstâncias, não temas”. E o hibisco vem florescendo durante todo o inverno bem no canto da janela da nossa sala.

Hoje foi o dia em que tive consultas médicas. É um dia de reflexão para mim. Me sinto melancólica, emotiva, com medo, enfim, fico meio triste. Deus sabe. Meu marido também sabe. Daí quando chego em casa agora, advinha quem eu encontro? Ele mesmo. O hibisco. Com mais uma flor linda e vibrante num dia frio e nublado (foto 3). Num dia nublado dentro do meu coração. Quando olho para essa linda flor, penso na minha história. Penso no sustento de Deus em cada momento da minha vida. E penso que ele nos encoraja todos os dias a viver, e a viver com esperança e sob os Seus cuidados.

“Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma.”
João 15:5

Hibiscus_history

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: