Arquivo da tag: Saúde

O Primeiro Post do Ano! Saúde!!!

Acabei de interromper todas as minhas atividades academicas do momento para compartilhar a alegria e a gratidao que estou sentindo por receber tao boa noticia da enfermeira daqui do Canada! Ela disse bem assim: “todos os seus marcadores do cancer estao normais!” Eu disse “Louvado seja Deus!!!”… com muito mais pontos de exclamacao do que aqui eu possa expressar!!!!! 🙂

* Nao sei configurar o meu teclado para o Portugues… por isso me perdoem a falta de acentos..rs

Deus eh fiel e bom!!! E essa boa noticia so me faz louva-Lo ainda mais e agradece-Lo por ter sido bondoso e misericordioso para comigo! Desde que me recuperei do cancer, e depois de ter recebido tantas bencaos depois da doenca, frequentemente ouco amigos e conhecidos falarem: “voce merece!”. Naturalmente pensamos que depois de uma coisa ruim tem que vir uma coisa boa, uma recompensa que seja. Mas, no Reino de Deus nao eh assim. Nao merecemos nada de bom. Atraves de Cristo aprendemos que bondade eh so atraves da graca e do amor de Deus por nos, pois “eu nasci na iniquidade e em pecado me concebeu minha mae” (Salmos 51:5) e “o salario do nosso pecado eh a morte” (Romanos 6:23). Mas, neste mesmo versiculo, Paulo diz “mas o dom gratuito de Deus eh a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor!

Se vivemos ou morremos eh por Cristo que o fazemos. E hoje eu vivo por Cristo, por um proposito que aos poucos vai sendo revelado ao meu coracao. Mas, eh por Ele que eu sobrevivi e hoje vivo, recebendo todas as bencaos que Ele tem para mim, por sua bondade e misericordia!

WalkingTambem vivo para aprender a viver melhor! Lembro-me que uma das oracoes que fiz quando estava em perigo era… “Senhor, ensina-me a viver melhor!” E grandes licoes eu tenho aprendido em como viver e administrar a vida de uma maneira mais sustentavel!

Deus me presenteou com um marido que tem me ajudado nessa trajetoria de vida sustentavel. Ele sempre me alerta quando estou “saindo fora dos trilhos” e tem me dado suporte para ter uma vida mais plena e rica na presenca do Senhor!

E assim seguimos caminhando, olhando firmemente para Cristo, a razao da nossa existencia, que dia apos dia renova suas misericordias sobre nos e nos ensina a viver abundantemente! 🙂

Entao vamos brindar… Saude!!!

Anúncios

O prato nosso de cada dia

Acabei de almoçar e resolvi então escrever o post sobre alimentação. Estava aqui comendo e comparando a minha atual alimentação com a antiga. Pra você ter uma idéia, hoje almocei salada verde com alface, agrião, rúcula, salsinha, cebolinha e coentro acompanhada de beterraba e cenoura raladinhas, somadas ao arroz integral cozido com inhame e caule de couve, além do feijão ao alho… no lugar da carne vermelha, comi ovo frito e sardinha ao óleo de azeite. Tudo delicioso ao tempero da minha tia Esperança! Terminei de comer contando quanta coisa boa tinha acabado de ingerir: 7 tipos de verduras, 3 tipos de legumes, 2 tipos de grãos, além do ovo e peixe. As duas colherinhas de sorvete de creme com baixo teor de açúcar e um pedacinho de bolo de côco fecharam com chave de ouro!

Eu nunca fui de comer mal, mas também nunca comi tanta variedade de legumes e frutas como tenho comido agora. Na verdade, meses antes de fazer a radical descoberta, a minha alimentação tinha desgringolado bastante, talvez como reflexo de tudo que estava acontecendo ao meu redor. Estava consumindo muita carne vermelha lá no Canadá, e achava que esta, associada ao arroz, feijão enlatado e salada de tomate e alface, já estava de bom tamanho. Variava muito pouco este “prato nosso de cada dia”, e não queria trocar o bife por nada. Acho que ingeria carne vermelha 3 a 4 x mais do que seria recomendado por semana (200 g ou 2 bifinhos). E na ausência do pratinho brasileiro, comia hamburguer, batata frita com refrigerante ou suco de fruta adocicado (enlatado ou de caixinha). Sobremesa? Chocolate, claro. Às vezes levava uma frutinha na bolsa . Mas, diante da pressão e do stress do meu doutorado, o que rolava mesmo era chocolate em frente ao computador do meu laboratório. Sem falar no cafezinho né? Todos os dias pela manhã e durante a tarde tomava um cafezinho com os colegas de laboratório. E no Canadá, cafezinho é apelido né minha gente! A gente tomava mesmo era no mínimo 300 ml de café do Starbucks e Second Cups da vida (com açúcar no meu caso, que cresci tomando café adoçado da minha mãe).

Alguns pesquisadores sugerem que o açúcar deva ser tratado como o tabaco por estar associado a doenças degenerativas e do coração, ao derrame cerebral, ao diabetes, e até a certos tipos de cânceres.  As bebidas adocicadas, como os refrigerantes, são apontadas como os principais veículos desse alto consumo de açúcar pela sociedade moderna.

O açúcar e a farinha branca parecem mesmo ser os principais vilões! Eles aumentam rapidamente a taxa de glicose no sangue, a qual imediatamente provoca a secreção de insulina e a liberação de fatores de crescimento (como o insulin-like growth factor), que por sua vez estimula o crescimento das células. O açucar também é considerado um pró-inflamatório, e hoje se sabe que a inflamação é um fator contribuinte para o crescimento de tumores. 

A carne vermelha também já vem sendo combatida como uma vilã do câncer e de algumas doenças crônicas, principalmente as processadas como linguiças, hamburguers, presuntos e salames. E eu já reduzi bastante o consumo de red meat na minha dieta! Tenho aprendido a apreciar o sabor dos peixes, do ovo e da carne branca… Como uma boa brasileira e fã de churrasco, não foi fácil, mas consegui!

Fiquemos de olhos bem abertos com nossa dieta! Eu tive que obrigatoriamente abrir o meu. E hoje já não como coisas saudáveis por obrigação. Hoje eu sinto prazer em um cafezinho sem o açúcar pela manhã (na verdade, tem mais sabor), no pão e arroz integrais, nos sucos naturais só com o açúcar das frutinhas e no chocolate com no mínimo 70% de cacau. Carne vermelha? Só dois bifes por semana!

Mudar hábitos de vida não é fácil pra ninguém. Eu ainda estou no processo… e nos posts sobre a minha recuperação, darei mais detalhes de como tem sido a deliciosa aventura de mudar a alimentação, do café da manhã ao lanchinho da noite antes de dormir… Aguardem! E bon appétit!

%d blogueiros gostam disto: